Porque o que vem é Perfeição

Vamos celebrar
A estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja
De assassinos
Covardes, estupradores
E ladrões…

Vamos celebrar
A estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação…

Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião…

Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade…

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais…

Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros…

Nosso castelo
De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã… Continuar a ler

Anúncios

Quem Se Importa?

“Ela vive num estado variado de alucinação. Durante o dia na escola e à noite na função. Comprimidos, pega um beck e o que mais pintar. Bebe além dos seus limites e sempre passa mal. Isso torna mais difícil todo dia ter que despertar. Suas aulas são à tarde pra facilitar e a manhã inteira pra dormir, pra se recuperar. Quem se importa se ela precisa de carinho, se ela perdeu a direção? Quem se importa? Alguém deveria !!! Não responde se alguém pergunta: – Quando isso vai parar? O caso é que ninguém pergunta, nem parece se importar. E essa é a chave do segredo que ela tem para guardar. Se ela quer liberdade, também quer amor. Que alguém espere a resposta Quando perguntar: – Como você vai?”

Musica: Quem Se Importa

Banda: Nenhum de Nos

Album: Histórias Reais Seres Imaginários

Pensamentos Sobre o Sofrimento V

Como será, nascer viver e morrer no mesmo lugar
Sob sol escaldante à noite ao luar
Sobreviver à tempestades
e o frio suportar
E na primavera com suas cores e formas tão belas
O mundo salvar, como será?

Como será que deve ser pra eu me fazer entender
Que sofrer é aprender

Como será se continuarmos a lhe sangrar?
Interrompendo o ciclo da vida
Até não poder mais
Então você não mais vai suportar
E vai me odiar
Por não te amar

Banda: ZIGURATE

Música: Como será!