Histórias

Há sempre uma história acontecendo ao nosso lado. Em São Paulo, especialmente, sempre fico muito atento ao redor. Normalmente reparo detalhes e fico ruminando eles por horas. E uma das coisas que me chama muito atenção é que, na sua maioria, todas as historias a nossa volta tem uma trilha sonora. Por vezes, a trilha define a história. Se estou ouvindo um som deprê, reparo mais nas pessoas que estão reflexivas ou tristes, e assim vai. Quando não ouço música alguma, fico olhando o rosto das pessoas para tentar adivinhar o que estão ouvindo.
Já escrevi textos que me fizeram chorar. Outros que, se eu tivesse como, me daria um Nobel de Literatura. Isso normalmente dura algumas horas. De repente, aquele momento passa e quando releio penso na minha ingenuidade, imbecilidade ou qualquer outro adjetivo referente. Eu tinha muito medo de publicar o que fosse. A maioria das vezes porque a música já não era mais a mesma.
Hoje não me preocupo mais com isso. O caos urbano é música suficiente pra mim. Não tenho medo de soar piegas porque um casal no Metrô me inspirou. Não tenho medo mandar ninguém pra puta que o pariu em caixa alta porque me irritou. Mas o que mais gosto hoje é como as palavras me transformaram e, por isso, aprendi a escrever sem inspiração. Se falta música, eu componho uma que só eu possa ouvir. Logo em seguida tento traduzi-la em palavras. Eis os absurdos e bipolaridades das minhas publicações. Posso ser grato na merda. Amar odiando. Xingar amando. Eu acredito no poder místico da palavra. Na música que ela dedilha. E talvez seja uma parte do meu papel como personagem desse Teatro do Absurdo. Te fazer experimentar sensações a contragosto. Te fazer sentir o tesão do fel, a tensão do amor, a alegria do ódio e simpatia pelo feio.
Sei que isso é chato, mas gostaria de fazer um pedido. Se quiser saber como estou, me pergunte. Mas se ler um texto meu, em seguida, se pergunte como estás. Eu adoraria saber qual a sua música no momento.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s