Dia Cinza

Tenho admiração por pessoas que, por vezes, deixam escapar a felicidade, mas não se permitem escapar. Vivem os dias cinzas de forma clara, intensa e rara, mesmo permitindo se abalar. Escrevem a vida com palavras sem sentido. Dá vida real aquilo que sempre deixou passar. E nas palavras do Criador, esses dias também foram feitos, não para alegria valorizar. Pois, eis o paradoxo, há mais sabedoria na casa dos mortos do que no felicitar. Acho que entendo os poréns, contudo, é de se assombrar. O valor que algumas palavras tem, quando não conseguimos expressar. E logo, vem. Raiando vem. A alegria de triste ficar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s