Blue

Diz pra mim
Não estou no caminho quando te causo dúvidas?
Que a excitação não salta aos olhos, não de forma impura?
Que você não se perde quando me mostro?
Que me acha um monstro quando toco
Diz pra mim
Que você não se diverte quando te complico?
Não se sente segura quando não explico?
Que não sente saudade da irritação?
E que não extremece e foge os olhos ao chão

Diz pra mim
Que não se arma porque o escudo já caiu?
Que não sentiu saudade quando partiu?
Que naquele sorriso debochado não se abriu
Um mundo do qual ninguém sabe… ninguém viu
Diz pra mim
Que no céu azul anil
Vê esvair pelos olhos
Tudo o que omitiu
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s