O Tiro

Atire se for capaz. Atire-se se for sagaz. Não morra tentando. Isso é pra quem perdeu a esperança. Morra doando-se. Construa a eternidade. O reencontro.
Se não há como tirar os pés do chão, quebre o cimento e caminhe firme. Desistir é atirar nos pés. Atire se for capaz. Atire covarde. Ou respire o pó. Ainda há oxigênio lá.

A consciência da voz se da no silêncio. A voz da consciência, por vezes, se perde no grito surdo. Vem Espirito Santo. Intercede por nós Filho. Faz chover Pai das luzes e voz de trovão. Leva o lixo do coração antes que o tiro seja contra nossa cabeça.

Atiro. Atiro-me sim, aos braços do Pai.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s