Epifania, Amor e Morte

“De repente me dou conta: nem sei se minha esposa ainda vive! Naquele momento, fico sabendo que o amor pouco tem a ver com a existência física de uma pessoa. Ele está ligado a tal ponto à essência espiritual da pessoa amada, a seu ‘ser assim‘ (nas palavras dos filósofos), que sua ‘presença‘ e seu ‘estar-aqui-comigo‘ podem ser reais sem sua existência física em si e independente de seu estar com vida (…) Se naquela ocasião tivesse sabido: minha esposa está morta – acho que esse conhecimento não teria perturbado meu enlevo interior naquela contemplação amorosa. O diálogo espiritual teria sido igualmente intenso e gratoficante. Naquele momento, apercebo-me da verdade: Põe-me como selo sobre teu coração (…) porque o amor é forte como a morte“  (Cantares 8:9)

Viktor E. Frankl em um campo de concentração nazista. Retirado do livro “Em Busca de Sentido“

Anúncios

2 pensamentos sobre “Epifania, Amor e Morte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s