Brisa

A casa não caiu quando a tempestade chegou. A viagem não terminou porque o barco afundou. A felicidade não se foi porque a dor apareceu. Os passos vacilaram, mas não pararam, mesmo com o pés machucados. A morte não venceu quando o coração parou. A vida e a graça se manifestam no medo, no naufrágio, nos machucados e renasce na morte.

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Brisa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s