Não é estupro se for na Globo

Há alguns meses a arroba mais influente do Twitter, como Rafinha Bastos gosta de ser chamado, foi duramente criticado por fazer uma piada sobre estupro dizendo que “mulher feia quando é estuprada deveria agradecer”. Além dos ataques no Twitter, o Ministério Público decidiu investigá-lo por conta da piadinha desrespeitosa e de péssimo gosto. Nada mais justo. Estupro ou qualquer outro tipo de abuso sexual é algo nojento e criminoso. Além disso, uma “piada” como essa fere a dignidade de quem já passou por essa situação e dos seus familiares. Eu tenho um caso de estupro na família e me sinto ofendido quando vejo alguém banalizando algo tão grave.

Paralelo a tudo isso, a nova sensação do sempre engraçadíssimo e inovador Zorra Total [/ironia] conta da história de uma transexual e sua amiga feia que andam em um metrô lotado e suas desventuras cotidianas. Tudo isso em meio a um bordão que se popularizou rapidamente: Ai, como eu tô bandida!

O roteiro do quadro não muda: Janete encontra Valéria, elas comentam sobre a cirurgia de mudança de sexo de Valéria, fazem uma brincadeira de “você gosta?” – “gosto” até o infinito que irrita o telespectador e a personagem, Valéria dá meia dúzia de patadas e apelidos em Janete e, por fim, alguém abusa sexualmente de Janete no vagão lotado. Neste momento Valéria, muito debochada, diz pra amiga aproveitar o momento porque não é sempre que uma mulher como ela tem esse tipo de sorte. Ou seja, em meio a todas as claques e clichês que imperam no programa de sábado, ensinamos semanalmente que a mulher não deve reagir ou se ofender caso seja sexualmente abusada, e caso venha a sofrer um estupro, deve se sentir sortuda, pois nenhum homem gostaria de se envolver com uma mulher feia. Percebam que é exatamente a mesma piada que saiu da boca de Rafinha Bastos e foi absurdamente pisoteada. Porém na Globo sua projeção é outra, torna-se benéfico. Ignora-se o fato do desrespeito a dignidade. O pior de tudo: tal quadro alcança hoje 25 pontos no Ibope. Todo sábado a noite o mesmo roteiro ensina às mesmas pessoas que estupros e abusos sexuais são bençãos, e não devem ser denunciados.

Fica a pergunta: Qual a diferença do estupro de Rafinha Bastos e do estupro de Valéria e Janete? Nenhuma, salvo o poder de penetração da mensagem. Enquanto Rafinha atende a um público mais “elitizado” socio-culturalmente (afinal, ele é defensor do tal ‘humor inteligente’, apesar dos quilos de preconceito), o Zorra Total vai de encontro com um povo que provavelmente não teve acesso a informação e que utiliza na maioria das vezes a televisão como seu quadro negro involuntário. Os quadros subsequentes colocam a mulher como unicamente uma fêmea, um objeto sexual, ridicularizam o fato Presidência do Brasil estar nas mãos de uma mulher e passam uma hora semanal fazendo o retrógrado humor da mulher de pouca roupa, erotizando o telespectador. Esse é o mesmo programa que ensina que estupro é o novo ‘casar e ter filhos’. É um humor machista e misógino. Eu sinceramente não acho a menor graça dessa bandidagem da Valéria.

Aos que não sabem: hoje no Brasil, 43% das mulheres brasileiras sofrem violência doméstica; uma mulher é violentada a cada 12 segundos; a cada duas horas uma mulher é assassinada. E você vai continuar rindo disso?

Por João Marcio

Via

Anúncios

77 pensamentos sobre “Não é estupro se for na Globo

  1. Radical demais…

    é só uma brincadeira.
    eu acho muito engracado e sempre vejo.

    não é pelo fato de eu rir disso que eu vou mudar meu pensamento e achar q mulher feia quando é estuprada tem q agradecer.

    • Eu acho que você está coberto de razão. Escrevo sobre mulheres e sei desta realidade. Aliás, ” humor” da televisão brasileira sempre se alimentou dos preconceitos (exemplo Zorra Total) e da mediocridade (Didi, Dedé e Caras de Pau). Penso que Chico Anísio e Jô Soares, excelentes humoristas brasileiros não turbinam a audiência e ainda incitam a reflexão dos verdadeiros temas brasileiros. Por isso são banidos ou relegados a horários ‘ sem povo’. Lamento demais. Porque a alguém interessa que tudo continue como está. Meu blog é o Cristocentrado.

      Carmelita Graciana.

    • 1. Com algumas coisas não se deve brincar.
      2. Não só esse quadro, mas a maioria dos quadros do ZT são de um mau gosto terrível.
      3. Você acha Zorra Total engraçado. Nem sei por que eu to te respondendo.

    • Olha só, a piada do Rafael Bastos é piada antiga, ja escutei ela de outros,e acho de péssimo gosto, e o CQC, de humor inteligente não tem nada, aliás nem humor tem. quanto ao quadro o Zorra, programa tb sem graça nenhuma, acho apenas esse engraçado, eu já passei por esse tipo de violência, e por um cada de dentro da minha família, e obviamente só quem já passou sabe o que é, e o qnto é sofrido ver esse tipo de situação ser ridicularizada e ser tratada como se não fosse nada,nos magoa e revolta. (ponto)

      Agora eu definitivamente, não vejo o quadro do Zorra desse maneira q está aqui exposto, não me sinto ofendida, e n sinto q me ofenda tb como mulher, vejo como uma brincadeira mesmo, que logo,logo vai enjoar e ninguém mais vai assistir isso..
      Acho também q é mto radical esse comentário subestima muito as pessoas com essa colocação (vai de encontro com um povo que provavelmente não teve acesso a informação) mesmo as pessoas que não receberam a tal da “informação”, sabem mto bem o q as afetam, o q as ofendem

  2. Eu fui vítima de estupro, segundo a lei daquele tempo “Tentativa Violenta ao Pudor” ¬¬ e não vejo graça alguma qndo vejo esse tipo de coisa na tv.
    Bom nem perco mais meu tempo em ver zorra total, mas como o gov. investiu R$ na emissora então #aGloboPode

  3. Pois amei o texto.
    Acho que meu caro colega de cima deveria analisar as coisas e vers e ele perdeu algum principio ou valor. Pq ri dessas piadas podem ser ate engraçadas, mais acho que falta o bom senso das pessoas se colocarem no lugar das que sofreram.Bom ao caro colega KADU eu posso te dizer que vc num vai rir quando alguem de sua familia passar por isso!

  4. Não concordo na parte em que vc diz que o Rafinha defende o “humor inteligente” ele nunca defendeu isso, as pessoas que colocaram esse rótulo nele e no cqc, ele defende que piada é piada e nao a opniao dele sobre o assunto. Assista o programa A liga na band, procure saber mais sobre o Rafinha, axo besteira determinar como uma pessoa é por uma piada, e ainda mais por 140 caracteres, sem falar que essa piada ele usa faz muito tempo no show dele, só gahou fama agora que ele esta na midia, isso pq as pessoas sao hipócritas, fazem piada de loira burra, negro, português, sogra, e todo mundo ri, mas como ele ta na midia, sempre acham coisas pra criticalo, a impressão que tenho é que o STF nao ta tomando conta do Brasil, enquanto há tanta violência, pobreza e desigualdade (isso sim é crime e motivo de revolta) no Brasil, vão se preocupar com uma piada, piada é esse caso todo

    • Rodrigo, leia: http://www.istoe.com.br/assuntos/entrevista/detalhe/131055_ME+DIVIRTO+COM+PIADAS+QUE+INSULTAM+

      Entrevista com Rafinha Bastos em que ele diz que não faz “comédia para o povão”. Para mim é o mesmo que dizer que faz humor inteligente. Ele mesmo admite que às vezes passa do limite. A Liga realmente mostra um outro lado (muito bom, por sinal), mas não exclui a idiotice de fazer piadas com coisas tão revoltantes e degradantes como o estupro.

      • isso foi vc que interpretou assim, quando perguntado se ele fosse contratado pra trabalhar no zorra total ele disse que nao iria pq nao teria oq ele fazer la, sao tipos de humor diferente, o Zorra total tem uma audiencia muito grande, mas o publico que assiste sao a grande massa, o povao, sao os pobres rindo de piada de pobre, e ele disse que nao faz piada assim, faz outro tipo de humor, mas nunca disse que faz “humor inteligente” mas as pessoas sao muito politicamente corretas, sao falsas moralistas, hipócritas, condenam uma pessoa por causa de uma piada, depois querem falar do amor de Deus, vao se converter

    • Opa!!! o que o Supremo Tribunal Federal tem com isso?? que eu saiba esse assunto não chegou ainda as instancias superiores. O.o acho que nem no Tribunal de Justiça chegou ainda mas…. enfim….
      gosto do CQC odeio “Zorra Total” programinha sem cultura que entra e sai semana é a mesma coisa, Não sei como tem gente que perde tanto tempo para ver sempre o mesmo roteiro, mesmos bordões….
      CQC é inteligente irreverente mas é aquilo que bog expressa né… a GLOBO PODE! Absurdo extremo!

      • realmente eu errei quanto ao STF, nao sei até onde isso chegou, mas sei que houve um processo contra ele por incentivar o estupro, oq é ridiculo e absurdo, teriam que precessar o programa do zorra total inteiro então

      • Sobre o Rafinha Bastos, foi o Ministério Público de São Paulo (MP-SP) que solicitou abertura de inquérito, atraves da promotora de Justiça Valéria Diez Scarance Fernandes, coordenadora do Núcleo de Combate à Violência Doméstica e Familiar de São Paulo. O ofício foi enviado ao delegado-diretor do Departamento de Polícia Judiciária (DECAP), Carlos José Paschoal de Toledo.

  5. O problema não é só a piada, são os dois pesos e medidas.

    Não sou contra o humor negro, mas sou contra a injustiça.

    Apesar do humor que denigre ser um forma de agressão, ele é menos nocivo que uma agressão óbvia.

    Os casos do homossexuais, e da violencia contra muher, é algo sério, temos sim como fazer piadas a respeito dos homossexuais e mulheres, mas tem coisa que não se brinca. Abuso sexual e violencia, por exemplo, não se brinca.

  6. Não é radical, porque crianças assistem este programa, olhe os valores que são passados, tais conceitos são construídos dentro delas, e depois a sociedade cobra conceitos contrários . Isso é sério, não é motivo para brincadeira, existem tantas alternativas para tal “humor televisivo” . Estupro é crime, não é brincadeira.

  7. achei a matéria tendenciosa… uma coisa é saber entender qual o conteúdo do humor feito pelos atores da Globo, outra coisa é saber que a hora de denunciar é hora de denunciar… Que não sejamos parte da tal teoria da conspiração…

    • eu só acho que se foi hora de denunciar o rafinha.. e hora de tirar muitos quadro do zorra do ar simples assim 😉

  8. Não é radical demais, porque crianças assistem este programa, olhe os valores que são passados, esses “valores” são construídos nelas, e mais tarde a sociedade cobra valores totalmente contrários ao que elas aprenderam na televisão. Existem muitas opções de “humores televisivos”, Estupro não é brincadeira, é crime..

  9. eu concordo plenamente… juízos iguais, não podemos ter dois pesos/duas medidas, ralhei o rafinha bastos quando foi a vez dele, e sempre critiquei o zorra total, ele é a prova e a arma de emburrecimento do cidadão brasileiro!!!

  10. Nada haver isso q tu falou !!! kkkk

    isso chama-se humor !!!

    é sou fã do quadro e assisto sempre
    nunca vi ninguem estrupa a Janete !

    • Vc pode já estar ” cega de espírito santo” e já acha o mal de ebm, e o bem com o mal! Sinto muito. Mais uma!

    • acho que você se perdeu no tempo Chris

      CÓDIGO PENAL

      Art. 215. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima:

      Pena – reclusão, de 2 (dois) a 6 (seis) anos.

      Pode não ser o 213 propriamente dito. Contudo e crime e piada tem que der limites 😉

  11. Se é esse tipo de “humor” que faz a sociedade ficar alegre e sorrir… realmente a sociedade está perdida..

  12. Meu Caro.

    A verdade é que a diferença entre rafinha bastos e a zorra total existe. Porém ambos caem pra fora da borda.

    RB usa de um humor um pouco inteligente e sem preconceito nenhum. Não ter papas na língua ao falar de raça, classe social ou opção sexual, religião, acaba extravazando a brincadeira e gerando, mesmo que sem querer, ofenças e agreções verbais.

    Por outro lado o zorra total é infâme, idiota, mas escrito, repetitivo, pobre de conteúdo e o pior de tudo… global! Extravasa ao querer arrancar risadas de tudo e de todos com as coisas mais idiotas que se pode encontrar num roteiro, gerando 1654684919 bordões novos a cada ano, o que acabou nos gerando um trauma de ‘bordões’, que eram tão queridos quando bem usados a duas décadas atrás.

    Por fim… Não sou 100% fã de Rafinha Bastos, mas ele é bom e não se compara a verdadeira ZORRA de QI.

    Lembrando a todos que o humor pode ser tudo. Até engraçado.

  13. Aboli televisão da minha vida há um bom tempo. Tenho verdadeiro horror áquele programa Pânico na tv, tenho pânico daquilo, eles vão ao cúmulo da humilhação às mulheres, aos artistas, aos desconhecidos.
    Mas nesse quadro do Zorra Total, eu já entendo diferente: O travesti q eu nem sei o nome, deprecia a outra o tempo todo e, sempre é a outra q recebe as investidas masculinas, ou seja, mesmo sendo feia e desajeitada, ela é uma coisa q a “outra” nunca será, mulher.
    Gostei muito do seu ponto de vista, da sua defesa para com as mulheres e os princípios de respeito ao próximo. vou te favoritar e estarei sempre por aki.

    • Amém!
      Achei que só eu achava essas programações uma grande ofensa ao meu coração. Banalisar a vida humana e colocar a mulher como um lixo. Não dou IBOPE pra essa SUJEIRA! TV pra MIM, é um veiculo pra que eu assista o que me faz bem e que eu realmente querira assistir. Parabéns amiga/o

  14. No caso do zorra total eu nunca assisti esse quadro, acho sem graça ese programa, mas no caso do rafinha, ele ja tem um público seletivo que gosta deste tipo de humor e que paga pra ver o show dele, ele nao ensina as crianças que isso é certo (alias ele nem faz essa piada pra crianças, essa piada ele só faz no stand-up dele que nao pode ir crianças, no cqc ele nao faz piadas desse tipo), é uma PIADA, ou seja, é uma IRONIA, se a mulher que foi estrupada se sente ofendida, ela nao pode rir de piada alguma, pq a loira se sente ofendida com piada de loira, negro se sente ofendido com piada de negro, as pessoas deveriam rir da piada, pq piada é ironia, e nao se sentir ofendidas, pq nao é a opniao dele sobre o asunto

  15. kkkkkkk

    até parece q realmente se importam com isso !!
    nao sou alienado …e sei mto bem assistir a um programa d tv, sem interferir na minha indole…

    falou bandoo d pessoas “culturais”

  16. Na verdade não há estupro. Sempre tem um cara “bulinando” a menina e ela sempre revida botando o cara pra correr. O lance do quadro é que a Valéria está sempre crescendo pra cima da Janete e no final os homens preferem bulinar a janete, que no final, sempre dá um sermão nos caras.
    O fato de ter criança assistindo, cabe aos pais permitirem ou proibirem.

  17. A questão não é Rafinha Batos, eu concordo que ele nem se compara com zorra total.. Aliás, zorra total que está em questão, crianças assistem tal programa e adolescentes brincam com esse “humor” passado pela televisão..enfim..

  18. Muitos pais não sabem quem são os amigos de seus filhos, não irão saber muito menos quais programas de Televisão eles assistem.. mas aí já é outro assunto..

  19. ja faleii neh?!
    nao tem nda demais ! a sociedade faz coisas muito piores
    tem gente morrendo d fome e ninguem faz nda pra mudar isso, as vezes passa por bebado caido na rua e????

    nda neh? pois então, vao ficar aqui implicando com um programa d humor ??
    então tá neh?!

  20. Ainda bem q os meus pais foram sensatos o bastante p nunca me permitir ver esse programa, mas eu conheço um pouco sobre, e sei q desde sempre é marcado por seu ridículo humor e total baixaria. Ou seja, esse é só mais um quadro tão repugnante quanto os outros do programa. E o que me surpreendeu foi que só agora alguém resolveu se pronunciar, e combater esses ideais pregados pela TV GLOBO. Mas enfim, eu apoio totalmente vcs terem se mostrado contra, e parabenizo pelo texto.
    abraço.

  21. Wooooow’
    É triste saber que ainda vivemos em um mundo mais que desigual… O pior de tudo é que muitos jovens e crianças assistem isso e copia =[

    Gostei muito da critica parabéns.

  22. Você tem toda razão, programinha mais tosco, realmente a globo pode tudo e não incomoda ninguem com essas porcarias. Que absurdo!

  23. e o pior é que tem gente q acha ruim quando alguém fala q brasileiro é besta, nem todos é claro. O humor do Rafinha é muito bom, porém nesse episódio ele extrapolou. Já o “Zorra Total” acha q é engraçado, não tem graça nenhuma e ainda quer fazer lavagem na mente dos leigos!

  24. O nada ver impera, e tem matado muitos jovens no MUNDO inteiro… Veja o caso recente da Amy Winehouse, que no seu ‘mundo normal’ foi se destruindo, se degradando, e acabou a onde esta hoje….

    O nosso sub-consciente fica guardado estas informações, e uma hora a gente pira, o nosso corpo começa a processar algumas sensações e não entendemos porque estamos assim, mais feliz ou muito triste em determinados dias…

    A verdade que sofremos todos os dias com mensagens subliminares e auto sugestões como esta…
    Não podemos achar graça de humor negro… se antigamente as piadas do Rafinha não eram levado a serio e hoje são, é por exatamente ele ser hoje um FORMADOR DE OPINIÃO, e o que vi nos poucos comentários foram pessoas defendendo-o com afinco, argumentando, etc… etc… por favor, nao sejamos também cegos … admiro o trabalho do Rafinha, mas estas piadas dele como do Gentilli tem hora que dão nojo… E olha que ate gosto do CQC, mas não significa que ENGULO tudo que me é dado.

    Quando ao ZORRA TOTAL, nao sei como ainda esta no ar…. Tinha que ter o ministerio publico investigando o DIRETOR e o criador do TEXTO do programa… (Y)

    God bless us

  25. Gostei de ver pessoal, cada um aqui expondo suas opinioes.
    VALENDO LEMBRAR QUE ACHAR GRAÇA PODE SIM DESDE QUE NUM SEJA COM SUA FAMILIA NE?
    MAIS O PROXIMO PODE NE?

  26. Exagerou ein.

    A Janete é abusada sexualmente , foi mto hein amigo [2].

    É por causa de radicalismo da igreja, que fiquei mt tempo com raiva de Deus, nem cria, por causa desse julgamento do povo de fora da igreja, graças a Deus, hoje sou livre.

    O que mais me preocupada, não é quem está fazendo, nem a “apologia” que vc diz que tá sendo feita, mas quem está assistindo.

    Se houve sucesso na primeira vez e as pessoas continuaram assistindo, é por que essas mesmas pessoas não estão enxergando o que você enxerga e eu até consigo enxergar sim.
    Aí é que está o perigo.

    Vamos tirar nossa bunda do banco e proclamar o verdadeiro evangelho. Mas tem que ser com alegria. O povo já sofre demais.

  27. Concordo com o que diz em alguns aspectos, não compactuo em outros. Contudo, descontextualizar estatísticas é um erro grave. Não se analisa a sociedade em números frios ou dados isolados. Em seu último parágrafo, você cita números sem citar referências e sem nos oferecer qualquer outra informação que nos permita refletir sobre. Onde estão tais estatísticas? Onde está a fonte? Onde está o universo pesquisado? Quero saber, não apenas da violência, extremamente preocupante, quero aprofundar nas variações demográficas, sociais e políticas dos dados. Quero compreender se a baixa escolarização, desemprego ou saneamento básico influi na violência? Quero analisar se existe correlação entre os números e as drogas ou álcool.

    “A incidência de morte por homicídio entre os homens é, em média, 10 vezes maior do que entre as mulheres. Em 2007, por exemplo, a taxa masculina foi de 47,7 mortes a cada 100.000 habitantes, ante 3,9 entre as mulheres. Em 1992, era de 35,6 para os homens e de 3,2 para as mulheres.” Serão mesmo os homicídios contra as mulheres um ato de opressão, ou, quem sabe, não são reflexo da nossa degradante condição social?

    Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/mortes-por-homicidio-aumentaram-32-no-pais-em-15-anos

  28. Acho que o país está preocupado demais com o que os outros falam enquanto deveria se preocupar com o dinheiro se se paga para saúde, educação, segurança, transporte, etc, que é gasto com aumentos absurdos de salários de charlatães que não cumpre seu dever nos palácios ,câmaras … O país se encheu de ECAs, ONGs, associações, paradas Glsbt e esqueceu de valores reais como: família, alimentação , educação, respeito… O problema não está na Valétria nem no Rafinha, a questão é que a falta de vergonha é nacional, porque se o PAÍS tivesse vergonha na cara a Globo não teria nem 1% de audiência.
    Enquanto vivermos esta ditadura disfarçada será assim. O pior é ter que ouvir que votar é um direito. ISSO SIM É UMA POUCA VERGONHA!!

  29. Eu juro que não entendo… muitos tem acesso a tv por assinatura (incluindo gatonet, rs), e há quem pague pacotes melhores e mais caros de canais, mas vejo que muitas pessoas não conseguem desgrudar da Globo… vá entender! o cardápio da programação está lá, mas vc escolhe justo um programa “vazio”, infeliz. Pra quê? pra ter o que reclamar? é tão simples… escolha melhor.

  30. No post alguém falou de EVANGELHO ou IGREJA?
    O que esta sendo exposto aqui é moralidade, e questões sociais.

    Se voce ficou com “raivinha” de Deus é porque realmente não entendeu nada do REINO…

  31. O problema é que a globo lidera as emissoras de televisão. então tudo que seja passado para os telespectadores eles “acham” que é verdadeiro porem nunca imaginam o lado critico, o lado preconceituoso, não só com mulher neste quadro mas com uma transexual.

  32. Um Ótimo texto Concordo com tudo isso
    Abuso sexual e crime e Estupro também, um crime de covardia que não deve ganhar força com a mídia

    Belo texto Parabéns

  33. Achei radical demais esse post, pois é uma piada apenas!
    Do mesmo modo que existe piadas sobre afrodescentes, e deficientes fisicos, tem piadas sobre mulheres feias e varias palavras que algumas pessoas acham ser forte podem ser usadas para que as piadas sejam feitas.
    Eu sou deficiente fisico e adoro as piadas sobre deficientes, tenho amigos afrodescentes e eles adoram as piadas sobre, mais ai podem me falar “é mais as mulheres não escolheram ser feias ou estrupadas”, é mais eu não escolhi ser deficiente fisico e meus amigos tão poucos escolheram serem afrodescentes.
    É uma coisa de gosto e opinião, acho que se tudo for levado a sério e correto não deveriam de existir piadas sobre nada, pois a maioria das piadas é sempre “zuando” o defeito, a desgraça em geral de uma certa pessoa, raça, etnia e etc.
    Acho que a muitas outras coisas mais importantes que as pessoas deveriam de se preocuparem do que acharem defeitos em piadas de humoristas, que são pessoas que trabalham honestamente.
    E por fim, acho também que quem se sentir ofendido com a tal piada é simplesmente não assista, não ouça, saia de perto da onde esta saindo a piada, seja televisão, radio, pessoa e etc. como diz o ditado “os encomodados que se mudem!”.

    • Desculpe Jomar Junior, mais saiba que sou deficiente e auditiva e nem por isso aceito que fazem piadas do que tenho.
      Mais como se diz ignorar mesmo a situação ja que as pessoas mesmo perdeu seus valores e principios.

      • Sim, eu entendo sobre sua opinião, só acho que não certo ser tão radical com as piadas e com os humoristas. Eles fazem o que eles sabem fazer e criticar de tal forma as piadas e os humoristas do modo que foi feito agora no post, é errado pois eles não falam “vai la estrupem mulheres e sacaneiem os deficientes, gordos, gays e etc.”. Existem pessoas que não gostam como você e tem pessoas que gostam como eu, pode ser sim comentado e deve ser comentado esses assuntos, mais de modo menos agressivo, por um momento eu meio que senti que era proibido fazer piadas e que deveriamos botar ristrições nos humoristas.
        Afinal, são piadas se levarem a sério tudo, as pessoas não irão rir de mais nada.
        Obrigado pela resposta.

  34. É importante que se desperte para as idéias que são veiculadas pela rede globo, ou de quem quer que seja, (como sempre), disfarçadamente, de forma “divertida” e que possibilitam que todo mundo ache que é “normal”, porque o “normal” nunca é questionado e continua sendo reproduzido, mantido e admirado. Acho importantíssimo que se mostre o que pode estar por trás da “piada”. Agora, as pessoas são livres para adotar as posturas que mais lhe convém.

  35. Não acho que ele quiz ofender ninguém,estão caindo em cima dele pq ele estar na midía…não gosto de ofender ninguém e o que ele faz é comedia não precisava tudo isso.O tempo da senssura já acabou!

  36. Mudando um pouco do assunto,mas, na mesma linha de raciocínio, estão dizendo que o rafinha com sua piada está fazendo apologia ao estupro, mas o que dizer dos políticos que roubam horrores, eles também estão fazendo apologia ao crime e nem por isso estão se quer sendo processados. OBS. Não estou defendendo o rafinha ele foi infeliz na sua piada,mas, crucifica-lo por isso(a piada,não a situação de estupro), para vai, vamo nos preocupar com o que está na nossa cara e parar de das ênfase as piadas ridículas que não nos afetam tanto como o que nos é roubado todos os dias.vlw

  37. A situação é realmente muito difícil, as pessoas ñ tem nem noção do q é abuso sexual, baseado em alguns comentários q li aqui, acham q o abuso só ocorre com a penetração, triste…

  38. Pingback: Não é estupro se for na Globo? | Púlpito Cristão

  39. Bem,a mulher feia existe,ou então podem também cair na pele do poetinha Vinicius de Moraes,como a mulher bonita também existe,o estupro também existe, não vou polemizar mais nem por isso deixo de rir,porque rir disso ou daquilo é o melhor remédio quando se é feito bem,e se um dia eu for estuprada é porque estava no local errado na hora errada,ou dei muito mole mesmo.
    sem contar que quem foi estuprado tem sérios problemas mentais sabiam?boa sorte a todos.

  40. Que me perdoe quem achou radicalismo a opniao do escritor do texto acima.
    Radicalismo é se fazer piada de um assunto tão serio e banalizar e vulgarizar valores de tamanha importancia, como o respeito e consideração de uma pessoa .
    Independente de ser homem ou mulher.. o programa criticado ja passou e muito do que se pode chamar de Humor e passou a ser uma mera imitação bisarra de qualquer porcaria, porque o bom humor nuam é nem o chamado ” inteligente” o bom humor é aquele em que consigo fazer alguem sorir sem precisar ridicularir, rebaixar, menosprezar ou diminuir alguém que tem algo diferente de mim.

    Sobre ter uma opnião baseado nos padrões dados pelas igrejas, quero que lembrem que todos somos livres e independente do que fizeram com vc ou qq outra pessoa as atitudes dos outros nunca vão justificar os seus erros. Se algum dia vc deixzou de acreditar em Deus é porque vc não o conhece, espero que como aconteceu comigo isso sirva pra que voce realmente discubra quem é Deus, quem por sinal não tem relação alguma com nenhum dos seus preconceitos.

    Por falar em preconceito, penso que preconceito não é criticar um programa sem criatividade ou uma pessoa que so sabe se usar de textos alheios e que o acha que o mundo so gira em torno dele mesmo. Preconceito é pensar que as pessoas a seu redor devem se pensar e agir segundo os seus padroes e se não me falha a memoria Jesus SEMPRE deu uma coisa que todos esses “humoristas” roubam de seus telespectadores, a opção de ESCOLHA.

    So sabe o que é um abuso sexual quem ja passou por isso, então não existe razão para questionamentos e filosofias sobre algo de que não se conehce.

  41. bem o texto é muito claro no que diz respeito a preconceito, mas no Brasil tudo é engraçado, tudo é motivo de piada sem esquecer das muitas piadas com Jesus, evangélicos etc, cqc? lamentável, novos humoristas? péssimos, cuidado pois um dia podem fazer piada com algo que te corte a alma, e, ai sim talves vc perceba que não teve graça nenhuma.

  42. poxa fiquei surpreza quando vi…tives dois casos desse na minha familia ….e pode crer deixam marcas que so deus pra nos confortar….
    o humor entre aspas no brasil tornou se agressivo nos ultimos tempos…lamentavel!!!!!
    e infelizmente o humor nao tem nos dado escolha um pior que o outro..e uma vergonha alias a tv brasiliera ultimamente esta sendo uma vergonha!!!

  43. Se tudo é motivo de piada, odeio piadas! Trocaria todo o senso de humor existente no mundo por mais respeito e menos preconceito.

  44. nada a ver isso que tu falou! kkkkkkkkk
    não, mas sério … pode até ser de certa forma apologia ao que de fato acontece com frequencia no transporte público brasileiro. Mas é humorístico, é caricatureiro, e não tem intenção de ofender. Aah gente, se esse tipo de humor não é válido, cadê a liberdade de expressão?
    E esse é o único quadro realmente bom do programa atualmente, o zorra é humor de massas, e não inteligente.
    quer humor inteligente?? vá assistir CQC, a globo é o último lugar para se procurar humor culto.

  45. Pingback: Não é estupro se for na Globo, mas no Metrô é… « Estranho mundo de ROD!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s