Para os fracos…

Uma das melhores definições de humildade que conheço é: Saber EXATAMENTE quem é. Nem a mais e nem a menos. Durante uma reunião da Capital Augusta fiquei trocando ideia com um maluco de BR. Gosto muito da rua, gosto das pessoas da rua, mas sempre fico esperto quando converso com eles. Quem convive no meio sabe que quem esta na estrada adora contar “história de pescador”. Mas foi interessante. O micróbio estava levemente alcoolizado, mas lúcido. Ele me contou um pouco de sua vida. Em seguida disse… “Sou cristão mano. Creio em Deus. Creio que Jesus veio e nos mostrou quem Deus realmente é, mas sinceramente não consigo segui-lo”.
Para dizer a verdade, nada demais. Ouço isso com certa frequência, principalmente entre a galera da rua. Mas, depois, sozinho no meu quarto fiquei pensando e incomodado com aquela cena. Havia alguma coisa muito além do que aquelas simples palavras. Não eram palavras jogadas ao vento. Havia uma constrangedora verdade. Havia humildade.
Fico pensando nas milhares situações em que escolhi ser humilde (Lembrando: saber EXATAMENTE quem é. Nem a mais e nem a menos.) e em outras que fiz cara de paisagem, pois não poderia mostrar fraqueza, ainda mais em posição de liderança.
Aprendi muita coisa nas minhas viagens pelo Brasil. Uma delas é não recusar comida e nem bebida, ainda mais se for de graça, por vergonha ou qualquer outro motivo. Mas antes de aprender isso, foram várias as vezes em que simplesmente disse não estar com fome, mesmo que estivesse matando cachorro a grito, para manter a compostura. Puro orgulho.
Pena que as vezes deixo de lado esse conceito para outras áreas da vida. Toda vez que tenho sede e fome de Deus, mas nego “não conseguir segui-lo”, perco a oportunidade de ser alimentado por Ele. Se nego ter sede, não há porque ter de beber.

A questão é:
“A sabedoria clama em voz alta nas ruas, ergue a voz nas praças públicas; nas esquinas das ruas barulhentas ela clama, nas portas da cidade faz o seu discurso” Provérbios 1:20,21

E eu prefiro ouvir.
Aprendi a expectar o afago do Pai, que nas minhas incoerências, me revela seu Amor, pois sou o mais carente dele… mesmo quando não admito.

Anúncios

Um pensamento sobre “Para os fracos…

  1. Pingback: Tweets that mention Para os fracos… « Estranho mundo de ROD! -- Topsy.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s