Desabafo!

screaming_man

Das flores, das floras
Da alma que chora
O incosciente perturbador

Da vida que passa
Do amor que desgasta
Os pensamentos que se interpõe

Da ira que vem
Do ódio que não convém
O equilibrio que balança

Dos olhos marejados
Dos fardos pesados
A vontade de deitar

Das portas aos muros
Do sono profundo
E o dia que não parece clarear

Da vontade de desistir
Da vontade de não existir
Da vontade de voltar
E a cruz que me chama toda a manhã
É o que me faz prosseguir
E o sangue que escorre até o chão
É o que me faz ser
E tudo ficará bem
Mesmo que meus olhos se fechem
Tudo ficará bem

Anúncios

2 pensamentos sobre “Desabafo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s